1000 anos

Péssimo primeiro e-mail aberto do dia:

Efeitos do aquecimento global durarão mais de 1.000 anos

Muitos dos efeitos danosos da mudança climática já são basicamente irreversíveis, diz uma equipe internacional de cientistas, advertindo que mesmo se as emissões de carbono puderem, de algum modo, ser interrompidas, as temperaturas mundiais continuarão altas pelo menos até o ano 3.000.

“As pessoas tinham imaginado que, se parássemos de emitir dióxido de carbono, o clima voltaria ao normal em 100 anos, 200 anos. Isso não é verdade”, disse a pesquisadora Susan Solomon em uma teleconferência.

Susan, do Laboratório de sistemas da Terra da Administração Nacional de Oceano e Atmosfera (NOAA) do governo americano, é a principal autora do artigo científico que descreve o dano irreversível da mudança climática, publicado na edição desta terça-feira, 27, da revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

Ela define “irreversível” como uma mudança que se manterá por mil anos, mesmo se os seres humanos deixarem de mandar carbono para a atmosfera imediatamente.

As descobertas foram anunciadas no momento em que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ordena uma revisão de normas que poderá levar carros mais eficientes e a um ar mais limpo.

Considerando que Obama assinou a lei no mesmo dia da publicação do artigo da sra Susan Solomon, e vendo que os EUA podem até estar vivendo a onda Yes we can change (mas talvez não a onda Yes we can unite) não sei a veracidade desse estudo. Quando os republicanos – todos – votaram contra a aprovação do pacote econômico para tirar os estadunidenses da recessão (que já dura 13 meses), ficou claro que o país não está em sintonia, disposto a acertar as engrenagens e fazer a coisa funcionar de vez, todos juntos. Há controvérsia no poder, na massa de força que toma as decisões que refletem por todo o mundo e deveria ser a primeira grande expressão do tal change do momento.

Há fatos concretos e relevantes no estudo da Susan Solomon, mas pessimista como é, e publicado no momento em que foi (dia da canetada de Obama) me soou mais como um alarde devidamente financiado por um mercado de energia fóssil e automotivo ameaçado pelo fim da era Bush, interessado em melar as intenções de Obama ou pelo menos torná-las impopulares. Espero que a Susan esteja errada na sua previsão.

Enquanto isso, pensar que todo esforço da humanidade pra deter o aquecimento global só traria resultados apenas daqui há 1000 anos nos coloca em prova mais uma vez: vamos ser conscientes e responsáveis agora e pegar pesado nos esforços pra combater o aquecimento global, ou seremos inconsequentes o suficiente pra legar por mais milênios o desequilíbrio antropogêneo do padrão climático às gerações futuras?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: