Projeto Terra

O Independent perguntou:

What can we do to save our planet?

E responderam vários cientistas do mundo sobre um possível “plano B”  para a humanidade, caso o aquecimento global nos dê a rasteira que promete. O que devemos fazer? O que ainda dá tempo de fazer?

A maioria das respostas citava a geoengenharia, sem consenso sobre a eficácia ou perigo que ela pode gerar. Jim Lovelock apoiou o uso da técnica em conjunto com outras medidas de redução de CO2 na atmosfera, e Paul Crutzen pediu pra pesquisar mais antes de responder, “já que não prevê o futuro”.

Geoengenharia me lembra que quando o padrão climático da Terra começa a ser alterado (por ação humana ou não) consequências imprevisíveis brotam por todo o  planeta – e  é exatamente isso que estamos tentando combater, não?

Remodelar o planeta em escala global chacoalha toda nossa existência, até quando não nos damos conta do que estamos fazendo. Precisamos estar atentos para as consequências das ações de combate ao aquecimento global que tomaremos nos próximos anos. O crédito de carbono virou bussiness – o que aconteceria se a geoengenharia caísse nas mãos de grupos mais interessados na grana do que no nosso futuro?

Foi a nossa inconsequência que gerou toda essa bagunça.

Anúncios

2 Comentários »

  1. Se todos se decidissem por diminuir o consumo…. não só de coisas… mas de tudo. Diminuir o consumo de carne, de papel, de energia, de novidades tecnológicas desnecessárias, de água (e tb o seu desperdício) seriam atitudes muito mais fáceis e menos impactantes que uma remodelação geral. Mas isso não é feito porque exige mudança no nosso estilo de vida, não é “simples de vender” como o crédito de carbono, que não depende de mudança individual.

  2. salomon said

    Ótimo ponto, Transgênicos Não. Repensar nosso impacto diário no planeta funciona muito mais que qualquer medida de mitigação contra o aquecimento global.

    Como você mesmo falou, não é uma medida que traria lucro a ninguém – por isso mesmo é difícil de ser “vendida” como idéia.

    Diminuir o consumo bateria de frente com as grandes corporações, que precisam desesperadamente do nosso consumo individual.

    Quem sabe a tal crise econômica seja benéfica, ao menos nesse sentido.

RSS feed for comments on this post · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: